Categoria: Aplicativos

Conheça o App Busque CuidadorConheça o App Busque Cuidador

Busque Cuidador é um aplicativo gratuito desenvolvido pelo Mestre dos Apps, para facilitar a contratação de cuidadores(as) de idosos ou técnicos(as) em enfermagem por famílias ou instituições.
Famílias, hospitais, clínicas e outras instituições que procuram um Cuidador ou Técnico pode encontrar via aplicativo o profissional mais próximo do seu local, de forma rápida e segura.
O App Busque Cuidador aproxima os profissionais da saúde de quem pretende contratá-los, facilitando o contato e apresentação.

COMO FUNCIONA O APP BUSQUE CUIDADOR?

Para quem busca um cuidador ou técnico em enfermagem:

1-Instale o app diretamente da Google Play (clique aqui)
2-Faça seu cadastro
3-Clique em buscador e se registre
4-Volte e clique em Buscador novamente
5-Procure pelo mapa de sua região, na lista ou com palavras chaves entre vários perfis o profissional de seu interesse
6-Entre em contato com o profissional desejado

VEJA NESTE VIDEO COMO É FACIL BUSCAR UM PROFISSIONAL DA SAÚDE



PARA O PROFISSIONAL CUIDADOR OU TÉCNICO EM ENFERMAGEM

1-Instale o app
2-Faça seu cadastro e login como usuário do app, depois vá na opção COMO FUNCIONA
3-Clique em Buscador e se Cadastre
4-Volte e clique novamente em Buscador
5-Clique em Minha Loja e faça o seu Anuncio
5-Preencha todos os dados necessários, coloque sua foto e faça sua descrição.
6-Aguarde aprovação e fique atento ao celular para receber as ligações ou ao seu email.

OBS: A sua foto real e seu nome em TITULO é obrigatória.

VEJA NESTE VIDEO COMO É FACIL SE CADASTRAR À UMA VAGA

 

Leia maisLeia mais

Como criar um app tipo Uber em 3 FormasComo criar um app tipo Uber em 3 Formas

Com sucesso garantido e comprovado mundialmente, o novo modelo de transporte por aplicativo é difícil de parar, um negócio lucrativo para quem empreende e benéfico para quem os utiliza como passageiros. De fato não há como falar de mobilidade urbana sem mencionar o aplicativo Uber que foi o precursor de todos os aplicativos de mobilidade urbana.

A Uber mudou a forma como solicitamos os serviços de transporte e expandiu-a com uma abordagem on demand. Eles criaram um aplicativo para conectar motoristas ociosos e passageiros. Os passageiros usam o aplicativo para encontrar motoristas ao seu redor, e os motoristas para encontrá-los, estabelecendo uma relação de troca de interesses mútua: a locomoção e a recompensa financeira pelo serviço.

A ideia desse aplicativo foi um boom num novo modo de mobilidade e também de negócios. Desde que foi lançado, em 2010, o app se tornou tão popular rapidamente que virou sinônimo de aplicativo de mobilidade urbana, quando alguém quer se referir a um app de transporte, logo se fala “app tipo Uber” não é verdade?

E não é por menos, graças ao Uber novas tecnologias são desenvolvidas a cada dia e novos negócios vão surgindo beneficiando a todos. Esse tipo de serviço por app nunca vai acabar, pois as necessidades de deslocamento nunca irão desaparecer, se tratando de uma solução praticamente vitalícia.

E que tal você tirar proveito deste avanço tecnológico e criar seu proprio app tipo Uber? Bem, com certeza se você está aqui é porque já pensou nisso não é verdade? Então vamos parar de “bologodório” e vamos ao que realmente interessa, que é como você pode criar seu app tipo Uber, o seu próprio aplicativo de mobilidade urbana. Abaixo você verá as formas o maneiras de criar seu próprio app de transporte e seus prós e contras.

3 FORMAS DE FAZER O APP TIPO UBER

Existem 3 principais maneiras de criar seu aplicativo tipo Uber

  1. Desenvolver o próprio app
  2. Comprar um código fonte do app
  3. Criar seu app sob forma de locação em uma plataforma.

As principais diferenças entre esses métodos estão no código a qual um você poderá utilizar como quiser o outro não, e no suporte. No entanto para todos eles existem os prós e contras, e tudo vai depender do seu projeto e/ou estratégia de negócios.

Para se ter um app de mobilidade urbana funcionando, primeiro claro tem que se ter o próprio app, segundo, uma hospedagem dedicada robusta e veloz para hospedar o sistema de forma que não trave, terceiro, profissionais para dar o suporte e manutenção ao aplicativo, e não pense que você não vai precisar de manutenção no app porque vai. Então veja como conseguir isso tudo de 3 formas.

DESENVOLVER SEU PRÓPRIO CÓDIGO FONTE

Para desenvolver seu próprio código fonte de mobilidade urbana, você tem que contratar um profissional ou uma agencia para criar o seu app de acordo com sua idéia e projeto. Este é uma maneira mais indicada para grandes empreendedores que planejam disrupturar o mercado, e por não encontrar nenhum codigo fonte já pronto que satisfaça suas necessidades, criam seu próprio app pois projetam lançar algum aplicativo inovador na área de mobilidade urbana.

Mas para isso não basta contratar um bom desenvolvedor, mas também, contratar uma boa hospedagem de forma que o app não trave, e contratar uma equipe de profissionais de T.I para dar o suporte ao aplicativo depois de pronto e lançado no mercado. Então resumindo, você terá que gastar com o desenvolvimento do app, da hospedagem e dos profissionais que farão o suporte e manutenção.

A vantagem é que você terá seu próprio código fonte e poderá fazer com ele o que quiser e como quiser, desde que você tenha conhecimentos técnicos para isso ou tenha um equipe que o tenha. O investimento é alto mas os lucros com certeza também o serão. Então se você tem os recursos e conhecimentos necessários vale a pena.

Para criar um novo código fonte, você deve pensar em investir de 100 mil a 500 mil reais dependendo do que realmente você vai querer ou com quem você vai desenvolver esse código. Claro que você poderá encontrar por aí quem te faça por menos que isso, mas tome cuidado porque o barato pode sair caro.

PRÓS: Você tem liberdade para desenvolver o app sob medida de acordo com seu gosto e necessidades, será o seu dono e não dividirá seus lucros com nenhuma empresa.

CONTRAS: Se você não dispõe de uma verba para investir se torna inviável, pois o custo é alto para o desenvolvimento, e o custo é alto para montar sua equipe que vai prestar suporte e manutenção.

COMPRAR UM CÓDIGO FONTE PRONTO

A segundo forma que escolhi para falar é comprando um código fonte de aplicativo que faça realmente aquilo que você precisa. Ao comprar o código fonte, você passar a ser o proprietário legitimo do app, desde que ele não seja pirata é claro.

Ao comprar um código fonte de um aplicativo, você obtêm a licença para usa-lo e explorá-lo em seu negócio, podendo adicionar o que quiser e puder no seu app.

Dependendo do código fonte e do que ele pode te oferecer em questão de funções e recursos, ele pode custar entre 10 a 100 mil reais.

Se você comprou ou pensa em comprar um código fonte de app tipo uber por menos de 3 mil reais, sinto muito, mas isto não é um código fonte legítimo e sim pirata, e certamente você terá muitos problemas com ele.

Verdadeiros códigos fontes de app de mobilidade funcionais custam acima de 10 mil e  claro que isso depende muito das funções e recursos que o app oferece.

Mas depois de comprar o código fonte, você terá que configurá-lo, hospeda-lo num servidor e instala-lo.  Se você possui conhecimentos técnicos para isso beleza, se não, terá que contratar um profissional para isso, e depois de instalado e funcionando terá que fazer o suporte e manutenção dele. Será que seu app vai realmente precisar de manutenção? A pergunta não é se vai e sim quando vai, pois que vai isso não há duvidas nenhuma.

Sempre há mudanças na tecnologia, principalmente nos gigantes da tecnologia que mandam e desmandam como o Google e a Apple, se eles mudam algo e seu app não for atualizado no código ele pára de funcionar, simples assim. Por isso que a manutenção e suporte é imprescindível seja qual for a maneira que você vai adquirir o seu app.

PRÓS: Você é o dono do seu aplicativo, não depende de nenhuma empresa para pedir autorização para alterá-lo e não divide seus lucros com ninguém.

CONTRAS: Se você não tem conhecimento técnico e não dispõe de dinheiro para investir na compra e na contratação de uma equipe que preste o suporte e manutenção, se torna inviável.

CRIAR SEU APP SOB FORMA DE LOCAÇÃO

Criar seu app sob forma de locação pode ser uma boa saída para quem tem uma boa idéia de negócios de mobilidade urbana mas não obtêm conhecimentos técnicos e uma grande verba para investir.

A criação na verdade nesta modalidade não é bem uma criação, uma vez que o aplicativo ou seu código já existe, e sim é uma customização do app de acordo com sua marca e cores. A empresa pega o código fonte e personaliza o app conforme a solicitação do cliente, e hospeda em seus próprios servidores, porém há limites estabelecidos no que se pode fazer ou não, dependendo da empresa ou da sua verba disponibilizada.

A empresa detentora da licença do app, cuida da customização, da plataforma, do treinamento, do suporte e manutenção do seu aplicativo, você nunca será o dono do código fonte, mas mesmo sem conhecimentos técnicos gerenciará seu app de tranporte tendo uma equipe de profissionais especializados para lhe dar suporte.

A sua preocupação não será com o suporte e manutenção, a empresa detentora do app fará isso pra você, sua unica preocupação será em captar passageiros, motoristas e em ganhar dinheiro.

Os valores para criar seu app de mobilidade urbana nesta modalidade varia de R$1500,00 à R$8 mil, dependendo claro das funções e recursos que o app ou plataforma pode oferecer, e você precisará pagar o suporte e manutenção que poderá ser mensal ou anual dependendo da empresa. O bom é que você não precisa de conhecimentos técnicos e nem de um alto investimento para começar, e poderá ir melhorando seu app de acordo com as possibilidades que a plataforma ou empresa tem a oferecer.

O grande perigo desta modalidade é quando a empresa que oferece estes serviços cobram taxas de comissão, taxas por motoristas ou impõe limites que resultam em taxas para corridas, limites para usuários ou limite de downloads, limites estes que com certeza serão ultrapassados com o tempo e taxas ou franquias que com certeza ficarão altas, podendo gerar altas faturas no final do mês. Então fique atentos as taxas extras e as letrinhas miúdas, fuja de empresas que não tem mensalidades fixas.

PRÓS: Baixo investimento, não é necessário conhecimentos técnicos, suporte e manutenção incluídos nas mensalidades, sua preocupação será somente em ganhar dinheiro.

CONTRA: Você nunca será o dono do código fonte, não poderá vender o app porque ele não é seu, e pode sair muito caro a sua conta no final do mês se não prestar atenção nas taxas ou como é cobrado as mensalidades.

Gostou das dicas? Precisa de opções para ser dono do seu próprio negocio de mobilidade urbana? Que locar um app ou comprar um código fonte? Então fale com o Mestre dos Aplicativos, agora você pode ter seu próprio app de mobilidade urbana sem precisar pagar um absurdo, sem precisar pagar por motoristas, por corridas ou qualquer outras taxas, veja nossos planos CLIQUE AQUI, ou entre em contato.

Leia maisLeia mais

9 Idéias para criar seu próprio App de mobilidade urbana9 Idéias para criar seu próprio App de mobilidade urbana

Já foi o tempo em que criar um aplicativo de mobilidade urbana tinha que se investir uma fortuna para isso, com o avanço da tecnologia, aplicativos do tipo Uber e 99, foram popularizados, e hoje em dia, com um pequeno investimento qualquer empreendedor pode realizar o seu sonho de ter seu próprio negocio digital e fazer fortuna na sua região.

O que faz a diferença hoje em dia, não é o montante a ser investido e sim a idéia que se tem para aplicar num aplicativo de transporte. Para ganhar dos gigantes e famosos apps de mobilidade não é preciso bater de frente com eles, basta atacar a deficiência deles, chegar onde eles não estão chegando, ou suprir a necessidade de um publico especifico que eles não estão cobrindo.

Os aplicativos de transporte de passageiros e objetos chegaram e estão dominando o mercado. Motoristas estão se tornando trabalhadores independentes e ganhando dinheiro trabalhando por conta própria. Que tal aproveitar esta oportunidade do mercado e ter seu próprio negócio no ramo de mobilidade urbana mas como PATRÃO?

IDEIAS PARA APPS DE TRANSPORTE

Te faltam ideias? Então nós do Mestre dos Apps vamos  dar algumas ideias de aplicativos do tipo Uber, que você pode criar e fazer a diferença na vida de diversas pessoas, principalmente na sua, em campos ainda pouco explorados, varias outras ideias podem surgir, quem sabe a sua possa ser um novo boom no mercado de apps?

1-TRANSPORTE ESPECIAL PARA IDOSOS

Os aplicativo atendem todas as idades não é mesmo? Porém a questão é que eles não costumam ter funções diferenciadas para pessoas mais velhas. Foi com a intenção de dar maior atenção aos idosos, que a cidade de São Carlos, em São Paulo, criou o aplicativo “Eu Vô”.

Nele, o pedido de corrida deve ser feito com um mínimo de três horas de antecedência, pelo próprio aplicativo, site, WhatsApp ou telefone. Os motoristas são todos treinados pela própria empresa, para situações de transporte e também de acompanhamento em eventual necessidade. O simples fato do motorista acompanhar o idoso ao sair de casa até entrar no automóvel e acompanha-lo ao sair do veiculo e deixa-lo ao seu local destino, faz uma grande diferença para aqueles que necessitam de cuidados especiais.

Mas se este app já foi criado então essa idéia já foi usada e você não pode aproveitar, certo? Errado! Este aplicativo de mobilidade urbana para idosos somente existe numa cidade do interior de São Paulo. Isso significa que você pode pegar esta ideia e aproveita-la na sua região ok?

2-SOCORRO AUTOMOTIVO

Um aplicativo que busca um socorro para o motorista e seu automóvel no momento em que mais se precisa, localizando um serviço de guincho, troca de pneu, chaveiro, carga de bateria e tudo que seja relacionado, não é uma ótima ideia? Pois bem, poucas são as cidades e regiões do Brasil que tem um app deste tipo em funcionamento.

Existem diversos profissionais, borracheiros, guincheiros, chaveiros que não estão prestando serviço através de nenhum aplicativo e você pode ser aquele que vai oferecer a estes prestadores de serviço uma ferramenta que poderá multiplicar sua fonte de renda, e ao mesmo tempo proporcionar aos motoristas um serviço de muita utilidade através de um simples app. Pense nisso!

3-TRANSPORTE PARA PETS

Existem muitas pessoas que gostariam de transportar seus animais domésticos consigo, para uma consulta no veterinário, ou até mesmo para um passeio, mas nem todos os motoristas de apps atuais permitem levar pets no seu veiculo.

Então ter um app de mobilidade que seja exclusivo para  transportar os passageiros com seu pet seria um grande diferencial, que com certeza já tem um publico interessado. Nem todos os donos de pets tem automóveis para sair com eles, nem todas clinicas veterinárias dispõem de um serviço de transporte de animais, pense nisso!

4-TRANSPORTE ESPECIAL PARA PESSOAS COM DEFICIÊNCIA

Existem apps que já dispõe de carros especiais para transportar pessoas com dificuldades motoras, mas são pouquíssimos apenas em uma ou duas cidades, fazendo com que os passageiros passem por uma longa espera de um motorista, isto quando ele chega. Então quem se dedicar a a atender a este publico com certeza terá muitas corridas.

5-TRANSPORTE SOMENTE PARA MULHERES

Já existem em algumas cidades apps que são para transportar somente mulheres com motoristas apenas femininos, no entanto, não atendem muitas cidades, existe somente em São Paulo, então quem resolver atender a este publico feminino em outras cidades com certeza terá um publico super animado em usar este app. Mais segurança para as mulheres, haja vista que existem muitas reclamações de passageiras que denunciam motoristas por assédios.

6-TRANSPORTE COM PICKUPS

Outro segmento que deu certo, foi o de usar motoristas com veículos do tipo pickup, usado para fazer pequenos fretes, carregar algumas malas, caixas ou compras. Somente uma cidade no Brasil é atendido por um app deste tipo. Você pode lançar um app de pickup, furgão, ou utilitário na sua cidade para atender esta demanda, pense nisso.

7-TRANSPORTE DE ENCOMENDAS

Um app de transporte de encomendas, seja de documentos ou de comida é uma ótima idéia que está dando certo em varias cidades brasileiras. Se você fizer um app desse você terá como publico alvo os donos de restaurantes, lanchonetes e demais estabelecimentos que precisam entregar comida aos seus clientes, terá outros comerciantes de outros segmentos que precisam fazer entregas de seus produtos e também aqueles que necessitam que o motorista ou motociclista busque determinada encomenda para eles. Pode ser usada a mesma tecnologia na criação de app tipo Uber. Muitas cidades brasileiras não tem este serviço, é ou não é uma boa idéia?

8-TRANSPORTE MISTO

Existem vários apps de transporte, mas em sua maioria eles são cada um para um tipo de veiculo. Um é para carro, outro para moto, outro para pickup etc, poucos são aqueles que tem a disposição dos passageiros vários tipos de veículos. E isso também é uma ideia que você como empreendedor pode aproveitar e fazer a diferença na sua região.

Uma das razões  do porquê não existem apps que agreguem varios tipos de veículos, é que geralmente as empresas que criam este tipo de app apenas o fazem para um tipo de veiculo especifico e quando fazem para vários, cobram o olho da cara e mais algum outro orgão kkkk, brincadeirinha! Mas é sério, quando fazem sai caro, pesquise e confirme.

Mas isso não acontece com a equipe do Mestre dos Apps, continue lendo este artigo e veja no final.

9-TRANSPORTE COM TAXAS DIFERENCIADAS

Outra questão que faz a diferença é criar um app que cobre menos para os passageiros e menos para os motoristas, pois muitos deles reclamam das altas taxas cobradas pelos conhecidos apps de mobilidade atuais.

Você pode fazer a grande diferença na vida de vários passageiros e motoristas, ao criar um app de mobilidade urbana, pois se você pagar muito menos, poderá cobrar muito menos também, e poderá vencer  disparado qualquer concorrência na sua região, para alegria de qualquer passageiro e motorista.

E como aplicar algumas destas ideias? Veja a seguir.

COMO SER DONO DE UM APP DE TRANSPORTE COM POUCO DINHEIRO?

Então chegamos na parte mais importante deste artigo, como um pequeno empreendedor pode criar um app de mobilidade urbana pagando pouco, se para criar este tipo app se gasta muito?

Sim, é verdade, se você pesquisar por aí vai ver que para criar seu próprio app de transporte, não se cobram menos que 80 mil reais, então somente os grandes empreendedores é que podem de fato se dar a este luxo, certo? Errado. Posso te dizer que este tempo está acabando, pois graças a nova tecnologia e a novos métodos, hoje se pode criar um app de transporte pagando bem menos que isso, mas muito menos mesmo.

É justamente isso que a equipe do Mestre dos Aplicativos está fazendo, você pode criar seu próprio app de mobilidade urbana a partir de R$3.500,00 e parcelado, e com varias funções e recursos agregados ao app que ninguém tem, que pode fazer uma grande diferença e vantagem ao seu negócio. Todos estas ideias neste artigo pode ser criada em nossa plataforma. São vários planos que você pode escolher de acordo com sua ideia ou necessidades.

O alvo do Mestre dos Apps são os pequenos empreendedores, então converse com nossa equipe.

Claro que você pode encontrar empresas oferecendo este tipo de app mais barato mas sempre tem uma pegadinha, do tipo: é tanto, mas a cada motorista tem que pagar um valor x, ou quando as corridas alcançarem o numero x se paga uma taxa extra, ou até mesmo quando o app atingir um numero de usuários se cobra uma outra taxa, é preciso ficar atento.

No Mestre dos aplicativos não tem pegadinha, os motoristas são ilimitados, os passeios são ilimitados e usuários também, os valores são fixos, não aumentam, a não ser se você quiser fazer um upgrade no seu app.

Vale a pena conferir, se te interessar CLIQUE AQUI, veja os planos, e qualquer duvida fale com a equipe Mestre dos Apps (clique no botão do Whatsapp).

Ah, já ia esquecendo, se precisar de um plano personalizado feito especialmente para você, o Mestre dos Aplicativos faz também.

Leia maisLeia mais

Como aumentar a visibilidade do app nas lojas do Google e AppleComo aumentar a visibilidade do app nas lojas do Google e Apple

Confira os fatores que farão o seu app decolar nas lojas de aplicativos! Veja dicas para facilitar que os usuários encontrem seu app com mais facilidade nas lojas e para seu app ter mais downloads orgânicos com ASO!

ASO é a melhor forma para você aumentar os downloads e adquirir o maior número de pessoas possíveis para seu aplicativo, e isto de forma orgânica e escalável. Com 4 milhões de apps para Android e iOS nas lojas, você precisa aprender estratégias para colocar seu aplicativo à frente dos concorrentes.

Neste artigo, você aprenderá como posicionar e aumentar a visibilidade do seu app com 18 pontos críticos a serem considerados na hora de publicar o seu aplicativo e depois que ele já estiver publicado.

São inúmeras as formas de você divulgar o seu aplicativo, seja no boca a boca, criando um site para o seu app ou até mesmo usando as mídias sociais, porém nenhuma delas terá uma relação de custo benefício tão boa quanto o ASO. Não perca tempo e com 15 minutos de leitura você vai ser tornar um expert em otimização nas lojas de aplicativos.

O que é ASO? E por que é relevante?

ASO é a sigla para App Store Optimization, otimização nas lojas de apps, em inglês.

Nada mais é do que o processo para aumentar a exposição e visibilidade do seu aplicativo e expandir as chances de descoberta pelos usuários na Play Store, loja do Google, e na App Store, loja da Apple.

Apesar de possuírem diferenças, as duas lojas possuem algoritmos que avaliam automaticamente os aplicativos e dependendo da pontuação do app nestes quesitos, ele será ou não destacado dentre os outros 5 milhões de aplicativos.  

Semelhante ao SEO, que é o termo para a metodologia para fazer com que o seu site apareça organicamente antes de seus concorrentes no Google, Yahoo ou Bing, o ASO serve para posicionar melhor o seu app para Android e iOS quando as pessoas estiverem navegando e pesquisando apps nas lojas.

Impressionante que em 2016 foram mais de 149,3 bilhões de downloads de aplicativos, mas você sabe como as pessoas descobrem novos apps? Abaixo está um gráfico produzido pelo Kissmetrics e Apptentive, que traduzimos e redesenhamos, sobre como as pessoas encontram e descobrem novos aplicativos:

Grande conclusão: posicionar o seu app nas lojas é crucial já que 62,25% dos usuários descobriram navegando nas lojas de aplicativos e que 32,65% estão nas categorias mais populares ou melhor classificados.

Não é o foco deste post e falaremos disso em outras oportunidades, mas é super interessante ver que a segunda maior origem de descobertas de aplicativos é através da indicação de amigos e familiares.

Confira agora quais são os 18 fatores que farão o seu app ter mais sucesso na Play Store e App Store.

ASO

A nossa pesquisa sobre ASO foi extensa e dentre todos os artigos e conteúdo, uma das abordagens que mais gostamos foi encontrada na Medium e foi escrita pelo Swaroop S., onde ele sugere separarmos o ASO em duas grandes categorias:

  1. ASO 1 – antes de publicar o seu app
  2. ASO 2 – depois de publicar o seu app

Abaixo os pontos que são levados em consideração nos dois momentos:

ASO 1: antes de publicar seu app

1- Nome ou título do app

Certamente o nome será a porta de entrada para o seu app conquistar ainda mais downloads e é um fator primário na hora que o usuário realiza uma pesquisa na barra de busca das lojas de apps.

Claro, se você estiver fazendo um app de um negócio já existente, o nome deve representá-lo e deverá estar alinhado com a sua marca, mas não deve ser a única coisa a ser considerada.

Uma palavra certa a mais no título do seu app e isso pode significar o sucesso. Pesquise termos e palavras que os usuários possam estar procurando. Uma boa forma de ver a demanda por buscas é o Google Trends.

Veja na imagem acima o jogo, Walking Dead: Sobrevivência. Sobrevivência é um termo que jogadores de games procuram, pois é um tipo, um estilo de jogo e isto aumenta muito sua probabilidade de ser achado por quem prefere esta modalidade de game.

  • cuidado com o tamanho do nome, são 50 caracteres na App Store, enquanto a Play Store limita você a utilizar apenas 30 caracteres
  • Na hora da busca, os usuários verão apenas os dez primeiros caracteres do nome do seu app. Veja se vale a pena uma palavra a mais no título
  • pesquise quais são os apps concorrentes que aparecem quando você busca o nome do seu app ou termos. Preste atenção se já existem apps com o nome que você pensou, as lojas podem retirar e suspender seu app caso considerem um plágio
  • não utilize nomes grandes ou difíceis e evite acentos, hífen, underline e outros caracteres
  • o nome deve ser fácil de lembrar e de se pronunciar, assim os usuários vão ter menos risco de baixar outro app e fica mais fácil a divulgação boca a boca

2- Ícone ou Logo

O ícone ou logo do seu aplicativo é tão importante quanto o seu nome. Ele será a sua identidade para o usuário ou até mesmo a rapidez que ele o identifica todas as vezes que acessa a tela inicial do celular.

A primeira impressão é a que fica. Se o seu ícone estiver em baixa resolução, mal feito e com uma identidade fraca, isto vai reduzir as chances do usuário confiar no seu app e poderá afastá-lo.

Qual ícone vocês preferem? Qual remete mais confiança e profissionalismo?

  • tenha um ícone com um design profissional e de alta resolução
  • evite textos e coisas que possam atrapalhar ou confundir a visualização
  • é importante ter uma coerência entre o ícone e as cores do app
  • se alterar o ícone será necessário atualizar o app nas lojas
  • as resoluções exigidas são diferentes nas lojas. Na Play Store é 512×512 px e na App Store 1024×1024 px
  • na App Store, o ícone é arredondado nas pontas e na Play Store, não. Para ter uma melhor visualização em ambas as lojas, o ideal é fazer o ícone com as bordas arredondadas
  • não utilize logo parecido com alguma marca famosa, pois correrá o risco dele ser rejeitado ou suspenso pelas lojas

3 – Palavras-chave

Depois do nome do seu app, o fator mais relevante para o usuário descobrir seu app nas lojas são as palavras-chave.

Antes de pensar nas palavras-chave que você vai usar, faça um mapeamento do volume, relevância e dificuldade. Não se esqueça de pensar no que o seu potencial usuário poderia estar buscando nas lojas. Existem algumas ferramentas para ajudar neste caso, como a Tune ou a Sensor Tower.

Procure investir em palavras que tenham um bom volume de busca e baixa concorrência.

Encontre aplicativos semelhantes aos seus, bem posicionados em ASO e veja as palavras que utilizam.

  • se possível, utilize 5 palavras no máximo
  • utilize palavras-chave na descrição do app também
  • é importante manter uma relação entre as palavras-chave, a descrição e o nome do app
  • faça um teste das palavras que escolheu e pesquise os termos nas lojas. Veja quantos apps aparecem e quais palavras esses apps utilizam
  • separe apenas com vírgulas, sem dar espaços, para aproveitar ao máximo o número de caracteres permitidos

4 – Imagens e screenshots – parte I

Se o ícone é a primeira impressão, os screenshots são a segunda. Usualmente os desenvolvedores utilizam as telas de captura do seu app.

Imagens sempre falam mais que palavras. Menos de 10% dos usuários das lojas de apps abrem toda a descrição do aplicativo antes de baixá-lo, mas mais de 50% abrem as telas de screenshots.

Tente usar capturas de telas que vão mostrar rapidamente quais são os grandes benefícios do seu aplicativo, use bem as imagens. Você pode tratar as imagens e inserir textos nestas telas, mas tome cuidado para não deixar poluído. Deixe limpo e claro para o usuário.

  • insira todas as imagens, isso faz com que a loja posicione melhor o seu app. Na Play Store você pode inserir 8 imagens e na App Store, 5
  • destaque nas telas as funcionalidades mais incríveis do seu aplicativo, isto o tornará mais sexy para o usuário
  • é interessante inserir pequenos textos junto com as screenshots para mostrar ao usuário o que cada funcionalidade traz, veja o exemplo do Snapchat
  • se o app tiver diversos idiomas, a loja permite que você faça capturas de telas diferentes e é importante, caso os screenshots tenham textos
  • as imagens precisam ser visíveis e ter uma boa qualidade de resolução. Lembrem-se da boa impressão
  • não queremos ser chatos, mas cuidado, não utilize marcas famosas nas imagens, pois o app pode ser rejeitado pela loja. Já vimos um app de uma Loja de fantasia ser suspenso, porque tinha um Mickey Mouse nas imagens do app e a Disney denunciou como uso não autorizado de marca registrada

5 – Vídeo de demonstração

Este talvez seja um item que a maioria dos desenvolvedores de apps acreditam ser apenas algo luxuoso ou até desnecessário. Mas nós acreditamos que não. Se você adicionar o vídeo, o seu app estará melhor qualificado do que os outros.

Com um vídeo demonstrativo, os usuários poderão entender facilmente sobre o que é o seu app, o que acaba gerando mais credibilidade antes mesmo dele baixá-lo. Claro, se o seu app for uma solução, como o Google Drive, nada mais justo que mostrar como o usuário vai interagir no aplicativo. Quem pode entender mais de ASO do que o próprio Google?

Durante as nossas pesquisas para elaborar este guia, um dos vídeos mais sensacionais que vimos foi o do jogo Super Mario Run, da Nintendo. O vídeo do app publicado no Youtube, e vocês podem conferir aqui.

  • o vídeo deve ser curto, no máximo 1 minuto, mas lembre-se de ressaltar as principais funcionalidades e diferenciais do seu app
  • incluir vídeo nas screenshots faz com que o posicionamento do seu app também seja elevado
  • a Play Store permite que você adicione um vídeo do Youtube, curto, mas que mostre exatamente como o seu app funciona. Isso aumenta e muito a visualização

6 – Descrição do app

Você terá duas descrições na Play Store, uma curta de 80 caracteres, e uma maior de 4000, já na App Store, da Apple, tem apenas uma descrição de 4000. Apesar de não ser menos relevante que título e as palavras-chave, a descrição é importante, pois é onde você também poderá angariar novos usuários através das pesquisas nas lojas ou na web.

Na descrição mais curta, na loja do Google, use uma frase que diga sucintamente o que o seu app se propõe a fazer para o usuário. Já na de 4000 caracteres, saiba, um ou outro usuário vai ler até o final.

Use no máximo 2000 caracteres, mas não deixe de citar as principais funcionalidades do seu app e colocar termos que você acha que os usuários buscarão, ou pesquise no Google Trends.

  • insira uma boa descrição. Isso fará toda a diferença!
  • utilize palavras-chaves como a do nome do app, se tiver nas imagens
  • mostre o valor do app ao usuário, benefícios e funcionalidades
  • apenas as primeiras linhas aparecem na descrição logo de cara para o seu usuário, utilize palavras atraentes para fazê-lo clicar no “saiba mais” e ler a sua descrição completa
  • se o seu app já saiu na mídia, por exemplo, acrescente essa informação na descrição para passar ainda mais credibilidade aos seus usuários
  • atualize a descrição quando atualizar a versão do app

7 – Categoria

Sugerimos sempre que você escolha a categoria que está mais ligada com o propósito do seu app. Porém, existem categorias em que a concorrência é maior e outras menor, categorias com mais downloads do que outras.

Vale a pena navegar nas categorias das lojas e ver exatamente qual seria a perfeita para o seu app. Existem categorias especiais, como mais populares ou mais baixados, e falaremos melhor disso na segunda parte do guia de ASO.

  • mais de 50% dos usuários baixam aplicativos diretamente das categorias
  • a categoria vai definir a opção de busca quando o usuário for procurar o seu app na loja
  • se o usuário ainda não conhecer o seu app, uma outra forma dele achá-lo na loja é através da categoria. Ou seja, se ele quiser baixar algum jogo, ele vai clicar em “jogos” e aparecerão as opções para ele
  • a categoria precisa estar relacionada com o app. Por exemplo, se ele for um app de restaurante, a categoria precisa estar ligada à comida, restaurante, etc

8 – Posicionamento geográfico

Na hora de publicar o seu app, a loja vai te dar a opção de escolher em quais países você quer distribuir o seu aplicativo. E isto é muito importante. Sei de um caso onde um usuário criou um app de guia turístico de uma cidade no nordeste brasileiro, mas que os hóspedes do hotel não encontravam o aplicativo.

Não é porque estamos no Brasil que o seu app deve ser distribuído apenas aqui. O problema do desenvolvedor é que os estrangeiros, ao virem ao Brasil, não acessaram necessariamente a loja de apps brasileira. 

  • é importante colocar o app visível para todos os países, caso tenha usuários fora do Brasil
  • existem outros países que falam português, é válido selecionar todos
  • existem países com mais competição do que outros em termos de apps, por exemplo, no Brasil, a média de apps instalados por celular é 30, na Argentina, 20

9 – Site de desenvolvedor

É essencial que você tenha um site de desenvolvedor. São 2 opções para você inserir na hora de publicar o seu app. Não é nada difícil, já que temos centenas de plataformas de criação gratuita de sites.

O primeiro site para inserir nas lojas é o site do desenvolvedor, onde você pode facilmente criar uma landing page do seu app para promovê-lo. O segundo é o site de suporte e de termos de uso, onde as lojas pedem que você torne claro os termos do seu app.

  • um site vai trazer mais credibilidade para o seu futuro usuário
  • tenha uma política de uso clara e deixe exposto na hora de publicar o seu app

ASO 2: Depois da publicação

10 – Imagens e screenshots – parte II

Você não deve se preocupar com os screenshots apenas antes de publicar o seu app. Você deve ficar atento e mantê-lo sempre atualizado, para não gerar uma desconfiança ou até uma sensação de erro para o usuário.

  • não deixe de atualizar as telas com o design atual do seu app
  • você pode usar comentários de usuários e ter um social proof
  • se lançar uma nova funcionalidade ou um benefício que acredite ser mais incrível que os anteriores, não deixe de trocar as imagens
  • as lojas podem te advertir caso haja uma grande discrepância entre as capturas de telas e o conteúdo ou design atual do aplicativo

11 – Número de downloads

Quanto maior o número de downloads mais relevante o seu app será para as lojas. Um dos momentos que isto conta é quando o usuário pesquisa um termo na busca e aparecem os apps sugeridos, veja no exemplo abaixo, apenas digitamos “quer” e já apareceu como sugestão o app “Querida Ansiedade”, com mais de 1 milhão de downloads nas duas lojas.

Além dessa vantagem, quem nunca acessou a seção de apps mais populares, baixados, grátis, pagos ou por categorias?

Pois é. Se o seu app tiver muitos downloads, ele aparecerá nas principais seções da Play Store e App Store e isso aumentará muito a visibilidade do seu aplicativo.

  • procure sempre aumentar o número de downloads e isso começa com amigos e familiares
  • dependendo da categoria, 100 mil downloads já serão suficientes para colocar seu app como os mais baixados

12 – Quantidade e qualidade de classificações

Assim que publicar o seu app peça aos seus amigos e familiares uma força com o seu app. Isso mesmo. A nota do seu aplicativo além de posicioná-lo melhor perante os outros apps, também vai trazer credibilidade para os outros usuários.

Claro, a ajuda dos mais próximos é para dar um início, mas é extremamente importante que você tente manter a sua nota sempre acima de 4. Você pode pedir para que seus usuários avaliem o app, mas sugerimos que faça isso depois da segunda versão.

  • nota 1 ou uma estrela, na maioria das vezes, é porque o app não funciona
  • bugs e problemas podem também fazer o usuário avaliar mal o seu app
  • não engane os usuários, fale exatamente o que o seu app faz antes deles baixarem
  • normalmente as avaliações mostram o índice de satisfação dos usuários com o app
  • atualize as suas versões e veja o efeito nas avaliações

13 – Quantidade e qualidade dos comentários

Quanto maior o número de comentários melhor o app será posicionado nas lojas. Isso mostra que os usuários têm engajamento com a proposta da solução.

Mas pode ser que o app esteja uma droga e todo mundo esteja reclamando. Assim, um outro fator importante é a qualidade dos comentários. Você já deve ter ouvido aquela frase “melhor a qualidade, do que a quantidade”, não é verdade? Nos comentários das lojas isso não é diferente.

É claro que é essencial o seu app ter vários comentários e todos eles positivos, mas mais que isso é esses comentários terem qualidade.

  • encoraje aqueles amigos que avaliaram o seu app a comentarem e postarem elogios
  • encoraje mais ainda amigos ou parentes a comentarem, três não é suficiente, alcance 50, no mínimo
  • resolva rapidamente os problemas apontados nos comentários ruins, os usuários normalmente voltam atrás e reconhecem a melhoria no app
  • atualize sempre que puder a versão do app e faça uma comunicação com os usuários através da sua base de dados de login e cadastro
  • avaliações com comentários têm mais peso

14 – Resposta aos comentários

O tópico 14 é simples e direto. RESPONDA A TODOS OS COMENTÁRIOS! Positivos ou negativos, a sensação de que o desenvolvedor se preocupa com os usuários e os coloca no centro de seus objetivos é um diferencial.

As lojas não o deixa impune se você ignorar os usuários, seu posicionamento será pior, caso não responda aos comentários.

  • seja rápido na resposta dos comentários
  • responda com educação e propositivamente, ou seja, concorde com um bug e diga que farão algo a respeito ou agradeça com um elogio
  • responder pode evitar que o usuário desinstalem o seu app
  • esclarecer uma dúvida ou algo pode fazer que o usuário altere a avaliação do app

15 – Número de instalações e desinstalações

Você certamente já baixou algum app, que achou que fosse ser útil naquele momento e quando achou que ele não teria mais utilidade ou que estava ocupando muita memória do seu dispositivo, o desinstalou, não é verdade?

Todos nós já fizemos isso ao menos uma vez. E para quem tem um app publicado isso, infelizmente, não é nada positivo. Por isso é importante ficar atento a esses números e tentar sempre se aproximar mais dos usuários do seu app.

Estas estatísticas podem ser obtidas diretamente na sua conta de desenvolvedor ou você pode instalar a ferramenta do Google Analytics no seu app e ter mais informações ainda.

  • conserte os bugs e problemas do seu aplicativo, isso evita desinstalações
  • atualize com novidades e novos benefícios
  • envie notificações push e lembre seu usuário que ele tem vantagens ao usar seu app
  • pense na eficiência, eficácia e o tamanho do seu app. Se ocupar muita memória ou exigir muito do processador, ele será um dos primeiros a serem apagados

16 – Taxa de crescimento de instalações 30 dias

Você tem acesso a esses números dentro da sua conta de desenvolvedor ou no Google Analytics. Então, é possível mensurar a quantidade de instalações que o seu app teve nos últimos 30 dias.

Depois que o app é publicado, as lojas levam alguns dias para disponibilizarem esses números. E, depois de um mês completo, você consegue acompanhar a evolução através de um painel, onde é possível selecionar 30 dias ou mais.

Aqui o grande objetivo é chegar nas categorias mais populares. Diferentemente dos mais baixados, onde conta o número total de downloads, nos mais populares, as lojas consideram os últimos 30 dias.

  • menos é mais. Ao invés de fazer pequenas divulgações todos os meses, busque planejar e fazer uma grande divulgação
  • pesquisas afirmam que a taxa de instalações pode aumentar 500% se estiver nos mais populares

17 – Frequência de uso e taxa de retorno Cohort – coorte

A frequência com que as pessoas utilizam o seu aplicativo mostra a importância do seu app no dia a dia. A taxa de coorte é a métrica para mostrar qual a porcentagem de usuários que acessaram o seu app no dia 1 e voltaram nele.

Por exemplo, a taxa de coorte do app do Facebook é de 98% no trigésimo dia. Ou seja, se 1000 pessoas acessaram o app no dia 1, 980 acessaram o app pelo menos uma vez novamente em 30 dias. Se o app for acessado regularmente, com certeza será melhor ranqueado.

  • atualize sempre o seu aplicativo e insira novidades e melhorias
  • faça uma estratégia de envios de notificações push e traga os seus usuários para o seu app novamente
  • não deixe de fazer uma estratégia de marketing, seja inbound ou outbound, para trazer os usuários de volta

18 – Divulgação / backlinks para seu app

Backlink nada mais é do que um link do seu aplicativo que está divulgado num site ou num app.

Por exemplo, se o seu app for do seu negócio, uma cafeteria, por exemplo. Então um blog especializado em café faz um artigo e coloca o link do seu app disponível para as pessoas clicarem e baixarem o seu aplicativo. Isso contará na hora de ranquear o seu app.

Posts em redes sociais como Facebook, Pinterest e Twitter também contam como backlink.

  • peça a amigos e familiares para divulgarem o link do seu app
  • faça parceria com influenciadores do seu ramo ou segmento para divulgarem os seus apps
  • tenha uma presença forte em redes sociais

Conclusão

À primeira vista, o ASO pode parecer um monstro de dezoito cabeças, mas é uma questão de costume e prática. Em breve, você perceberá que é uma receita a ser seguida e que existe um padrão.

O melhor é que o sucesso do seu app depende de você.

A maioria das pessoas acha que deve investir um caminhão de dinheiro em divulgação, mas o básico, que é posicionar melhor o seu app onde as pessoas o procuram, acaba sendo esquecido ou mal feito.

Conseguiu aprender como decolar com o ASO?

Leia maisLeia mais

De motorista de aplicativo para dono de app de transporteDe motorista de aplicativo para dono de app de transporte

Cansado de dirigir para outros aplicativos? Ser dono de um app de transporte é o seu sonho? Gostaria de ter seu próprio negocio e não tem muito dinheiro pra investir? Que tal montar seu próprio negocio com um aplicativo de transporte gastando bem pouco? Se esta ideia te interessa continue lendo este artigo.

Muitos apps de mobilidade urbana tem gerado fortunas, não para os motoristas e sim para os seus donos. Não é por menos, pois este tipo de aplicativo tem sido o novo boom de negócios do momento e não há previsão de desaceleramento, até mesmo porque existem diversas áreas inexploradas deste setor . 

Muitas empresas são criadas no Brasil todos os anos, e os pequenos empreendedores são um papel importante na economia do país.

empreendedorismo destaca-se por seu papel na sociedade para os ganhos individuais, gerados por oportunidades que contribuem para facilitar a expansão econômica. E esta pode ser a sua oportunidade.

Brasil criou 2,5 milhões de empresas em 2018, mais de 80% eram MEIs

Os novos negócios em 2018 cresceram 15,1% na comparação com 2017 (quando surgiram 2,2 milhões de empreendimentos). Do total, os MEIs (microempreendedores individuais) foram a maioria em 2018, chegando a 81,4%. 

Os dados são do Indicador Serasa Experian de Nascimento de Empresas.

Os aplicativos de transporte de passageiros e objetos chegaram e estão dominando o mercado. Motoristas estão se tornando trabalhadores independentes e ganhando dinheiro trabalhando por conta própria. Que tal aproveitar esta oportunidade do mercado e ter seu próprio negócio no ramo de mobilidade urbana, mas como PATRÃO? Como dono do app.

O que não falta são pessoas que tem carteira de habilitação, possui um veículo e está disposto a se tornar um motorista autônomo. E você pode ser o empreendedor que esta faltando para criar um app de mobilidade urbana que faça a diferença na sua região ou em algum segmento especifico. 

E talvez você pense: “Mas já existe o Uber e o 99, como vou competir com estes gigantes?”

E quem disse que você precisa competir com os famosos app de transporte?

Não é preciso, você já observou que estes famosos apps não conseguem atingir todos os públicos? Por exemplo, existem diversas cidades que não são bem atendidas por estes apps, existem diversos públicos que também não são cobertos por eles. 

Existem diversas reclamações, diversos públicos que estão insatisfeitos com os atuais apps, porque os mesmos não conseguem atender a diversas demandas especificas, sem falar dos valores que muitas vezes são altos para os passageiros ou as taxas são pesadas para os motoristas.

IDEIAS DE APPS DE TRANSPORTE AINDA NÃO EXPLORADAS

Te faltam ideias? Então vou te dar algumas ideias de aplicativos do tipo Uber, que você pode criar e fazer a diferença na vida de diversas pessoas, principalmente na sua, mas este campo ainda é pouco explorado, varias outras ideias podem surgir, quem sabe a sua possa ser um novo boom no mercado de apps?

E se você é um motorista de aplicativo, você já tem a vantagem de iniciar um negócio que já sabe como funciona.

TRANSPORTE PARA PETS

Existem muitas pessoas que gostariam de transportar seus animais domésticos consigo, para uma consulta no veterinário, ou até mesmo para um passeio, mas nem todos os motoristas de apps atuais permitem levar pets no seu veiculo.

Então ter um app de mobilidade que seja exclusivo para  transportar os passageiros com seu pet seria um grande diferencial, que com certeza já tem um publico interessado. Nem todos os donos de pets tem automóveis para sair com eles, nem todas clinicas veterinárias dispõem de um serviço de transporte de animais, pense nisso!

TRANSPORTE ESPECIAL PARA PESSOAS COM DEFICIÊNCIA

Existem apps que já dispõe de carros especiais para transportar pessoas com dificuldades motoras, mas são pouquíssimos apenas em uma ou duas cidades, fazendo com que os passageiros passem por uma longa espera de um motorista, isto quando ele chega. Então quem se dedicar a a atender a este publico com certeza terá muitas corridas.

TRANSPORTE SOMENTE PARA MULHERES

Já existem em algumas cidades apps que são para transportar somente mulheres com motoristas apenas femininos, no entanto, não atendem muitas cidades, existe somente em São Paulo, então quem resolver atender a este publico feminino em outras cidades com certeza terá um publico super animado em usar este app. Mais segurança para as mulheres, haja vista que existem muitas reclamações de passageiras que denunciam motoristas por assédios.

TRANSPORTE COM PICKUPS

Outro segmento que deu certo, foi o de usar motoristas com veículos do tipo pickup, usado para fazer pequenos fretes, carregar algumas malas, caixas ou compras. Somente uma cidade no Brasil é atendido por um app deste tipo. Você pode lançar um app de pickup, furgão, ou utilitário na sua cidade para atender esta demanda, pense nisso.

TRANSPORTE DE ENCOMENDAS

Um app de transporte de encomendas, seja de documentos ou de comida é uma ótima idéia que está dando certo em varias cidades brasileiras. Se você fizer um app desse você terá como publico alvo os donos de restaurantes, lanchonetes e demais estabelecimentos que precisam entregar comida aos seus clientes, terá outros comerciantes de outros segmentos que precisam fazer entregas de seus produtos e também aqueles que necessitam que o motorista ou motociclista busque determinada encomenda para eles. Pode ser usada a mesma tecnologia na criação de app tipo Uber. Muitas cidades brasileiras não tem este serviço, é ou não é uma boa idéia?

TRANSPORTE MISTO

Existem vários apps de transporte, mas em sua maioria eles são cada um para um tipo de veiculo. Um é para carro, outro para moto, outro para pickup etc, poucos são aqueles que tem a disposição dos passageiros vários tipos de veículos. E isso também é uma ideia que você como empreendedor pode aproveitar e fazer a diferença na sua região.

Uma das razões  do porquê não existem apps que agreguem varios tipos de veículos, é que geralmente as empresas que criam este tipo de app apenas o fazem para um tipo de veiculo especifico e quando fazem para vários, cobram o olho da cara e mais algum outro orgão kkkk, brincadeirinha! Mas é sério, quando fazem sai caro, pesquise e confirme.

Mas isso não acontece com a equipe do Mestre dos Apps, continue lendo este artigo e veja no final.

TRANSPORTE COM TAXAS DIFERENCIADAS

Outra questão que faz a diferença é criar um app que cobre menos para os passageiros e menos para os motoristas, pois muitos deles reclamam das altas taxas cobradas pelos conhecidos apps de mobilidade atuais.

Você pode fazer a grande diferença na vida de vários passageiros e motoristas, ao criar um app de mobilidade urbana, pois se você pagar muito menos, poderá cobrar muito menos também, e poderá vencer  disparado qualquer concorrência na sua região, para alegria de qualquer passageiro e motorista.

 

COMO SER DONO DE UM APP DE TRANSPORTE COM POUCO DINHEIRO?

Então chegamos na parte mais importante deste artigo, como um pequeno empreendedor pode criar um app do estilo Uber pagando pouco, se para criar este tipo app se gasta muito?

Sim, é verdade, se você pesquisar por aí vai ver que para criar seu próprio app de transporte, não se cobram menos que 40 mil reais, então somente os grandes empreendedores é que podem de fato se dar a este luxo, certo? Errado. Posso te dizer que este tempo está acabando, pois graças a nova tecnologia e a novos métodos, hoje se pode criar um app de transporte pagando bem menos que isso, mas muito menos mesmo.

É justamente isso que a equipe do Mestre dos Aplicativos está fazendo, você pode criar seu próprio app de mobilidade urbana a partir de R$3.500,00 e parcelado, e com varias funções e recursos agregados ao app que ninguém tem, que pode fazer uma grande diferença e vantagem ao seu negócio. São vários planos que você pode escolher de acordo com sua ideia ou necessidades.

O alvo do Mestre dos Apps são os pequenos empreendedores, então converse com nossa equipe.

Claro que você pode encontrar empresas oferecendo este tipo de app mais barato mas sempre tem uma pegadinha, do tipo: é tanto, mas a cada motorista tem que pagar um valor x, ou quando as corridas alcançarem o numero x se paga uma taxa extra, ou até mesmo quando o app atingir um numero de usuários se cobra uma outra taxa, é preciso ficar atento.

No Mestre dos aplicativos não tem pegadinha, os motoristas são ilimitados, os passeios são ilimitados e usuários também, os valores são fixos, não aumentam, a não ser se você quiser fazer um upgrade no seu app.

Vale a pena conferir, se te interessar CLIQUE AQUI, veja os planos, e qualquer duvida fale com a equipe Mestre dos Apps (clique no botão do Whatsapp).

Ah, já ia esquecendo, se precisar de um plano personalizado feito especialmente para você, o Mestre dos Aplicativos faz também.

 

Leia maisLeia mais

Dicas de Marketing para Apps de transporteDicas de Marketing para Apps de transporte

Se você já criou ou esta pensando em criar seu app de transporte, este artigo vai ser uma mão na roda para te ajudar a obter sucesso no Marketing do seu aplicativo. Então vamos lá?

ESCOLHA DE UM NOME DE FÁCIL MEMORIZAÇÃO

Não escolha um nome complicado ou grande de mais, no marketing o mais é menos e o menos é mais. Criatividade não é sinônimo de complexidade, muito pelo contrário, ao definir o nome do seu aplicativo, busque algo simples, que fique na cabeça do usuário para que ele sempre lembre de você ao indicar um app para um amigo ou familiar. Evite nomes derivados de apps mais famosos, para não cometer plágio.

Ao escolher um nome, pesquise na internet se já existe este nome em alguma marca, logo ou site, procure também nas lojas google play e apple story. Evite criar um app com um nome que já existe, você evitará muita dor de cabeça.

LOGOTIPO

A dica aqui se assemelha com a escolha do nome. A logomarca é a identidade visual de uma empresa. A criação de uma logomarca é tão importante quanto à criação do nome, pois é uma representação visual da estratégia da marca. … Por isso, é importante que a logomarca seja memorável, e ao mesmo tempo transmita o que a empresa representa através das cores, formas e texto.

Quando você começa um negócio, você precisa criar a rota mais rápida possível para o sucesso. Nesse momento, a importância do logotipo fica ainda mais clara, pois estará contribuindo para a visibilidade da sua empresa e credibilidade, dois fatores que poderão ajudar em seu crescimento.

Dentro do mercado de aplicativos essa responsabilidade dobra. Sabe por quê? Abra sua loja de aplicativos e veja a quantidade de apps que existe. A primeira imagem que seu possível usuário tem de você será sua logomarca. Algo mal feito irá transmitir ao possível usuário uma sensação de desleixo. Por outro lado, caso você faça um bom logotipo, feito por um profissional da área, seu usuário sentirá que a empresa tem preocupação em todas as suas etapas. Transmitirá mais credibilidade.

 ATENDIMENTO

O atendimento ao cliente faz toda diferença em qualquer negócio. Aqui podemos falar de dois tipos de atendimento.

Primeiro, o atendimento dos motoristas aos passageiros. Me lembro que na chegada dos apps no Brasil, o que se ouvia muito falar era que nos carros os motoristas ofereciam bala e água aos passageiros, eram gentis, dando a todos um excelente atendimento. Os motoristas possuíam carros cheirosos, limpos e bem cuidados. Eles mesmos eram conhecidos pela educação e pelas roupas elegantes, distanciando os passageiros ainda mais dos táxis convencionais.

 

 

Não adianta gastar milhares de reais no marketing se seu atendimento não for de qualidade. Por isso, invista em uma boa equipe, se possível invista num treinamento para seus parceiros, seja presencial ou online, prepare uma equipe que faça um bom atendimento aos passageiros.

Segundo, o atendimento do app aos motoristas e passageiros. Não deixe as reclamações ou perguntas de seus motoristas ou passageiros sem respostas. Uma das reclamações dos passageiros e motoristas dos famosos apps de transporte são que eles demoram muito para responder ou simplesmente não resolvem um problema o que dá uma impressão de que eles não estão nem aí para os usuários.

Esteja sempre disposto a atender as mensagens dos usuários do seu app, seja por telefone, whatsapp ou redes sociais, não robotize tudo, as pessoas querem falar com pessoas e não com maquinas, isso pode fazer toda diferença na qualidade de seu app.

 PREÇOS

O preço é primeira coisa que os passageiros se importam num app de transporte, o seu preço é um excelente divisor de águas neste negócio. Mas tem que se ter cuidado, porque se você colocar um preço muito baixo e não compensar para os motoristas, você terá um app com muitos passageiros e sem motorista para atender as corridas. Sem motorista não há porque os clientes usarem seu app.

Por outro lado, um preço muito alto pode afastar seus clientes, que buscarão outros apps. Sem clientes não há porque os motoristas usarem seu app. Então a solução é encontrar um meio termo. Um preço justo. Ofereça a seus clientes um preço agradável e contraponha com taxas boas para seus motoristas. Pense em ganhar na quantidade das corridas e não em cada corrida, pesquise outros apps para saber quanto eles estão cobrando.

Sugestão de leitura:

UTILIZE AS REDES SOCIAIS

As redes sociais jamais podem ser desprezadas, cada uma tem seu publico e com certeza o seu já está lá.

Crie uma boa apresentação do seu link e QR Code. Use boas imagens, texto bem escrito e adequado ao público que quer atingir. Publique as mensagens divulgando seu app em dias e horários diferentes. Meça os resultados e faça testes com novas imagens, novos textos e novas cores. Experimente e veja qual a combinação de tudo isso produz os melhores resultados. Crie sua fanpage no Facebook, crie canal no youtube, Instagram, em quantas mais redes sociais você estiver presente mais público você alcança.

Criar campanhas destinadas a um público específico é uma possibilidade extremamente atraente para seu negócio. Por isso procure manusear bem as ferramentas que as redes sociais oferecem.

O facebook agora tem até uma ferramenta de criação de videos gratuito, que você pode usar não somente no facebook mas baixar e jogar no Youtube, experimente.

NOTIFICAÇÃO PUSH DO SEU APP

No lançamento de um aplicativo é importante recorrer as próprias ferramentas ou funções que o app pode oferecer, se o seu app de mobilidade urbana possui Notificação Push use este recurso para criar expectativas aos usuários que já baixaram seu app.

A notificação push faz com que os usuários do seu app recebam a mensagem mesmo que o app esteja fechado.

Por exemplo, se o lançamento do seu aplicativo será em 30 dias, todos os dias envie uma mensagem com contagem regressiva do tipo:

Faltam 30 dias para o lançamento do app, fique ligado!

No dia seguinte envie: Faltam 29 dias para o lançamento do app, fique experto!

Não esqueça de colocar sempre o nome do app na mensagem.

Assim se você já publicou o seu aplicativo nas lojas mas ainda não fez o lançamento, estas mensagens servem para informar aos usuários que o seu app ainda não está ativo e ao mesmo tempo serve para criar expectativa a todos os usuários para o lançamento do seu app.

PROPAGANDA NA MÍDIA LOCAL

Mesmo que não ganhem das redes sociais, os jornais, revistas, rádios e tvs locais tem o seu publico alvo. Então avalie o hábito de consumo midiático do seu público alvo. O que eles preferem assistir e qual horário estão usando em determinada mídia. Preste atenção também nos sites e portais regionais, eles podem ser um ótimo canal para divulgar seu app de mobilidade urbana para o publico local.

OFEREÇA DESCONTOS E PROMOÇÕES

Quando você fala em desconto ou promoção os olhos dos passageiros brilham. Quem não gosta de um desconto, não é mesmo? Ofereça algum tipo de promoção no seu app. Uma boa maneira de fazer uma promoção aos usuários do seu app é oferecer uma corrida grátis depois de um determinado numero de corridas, um cartão fidelidade por exemplo, além de oferecer promoções ele serve para fidelizar seus passageiros.

CONVÊNIOS

Controlar os gastos com transporte de funcionários sempre gera dor de cabeça para as empresas. É por isso que uma forma de garantir uma boa renda para seu app é fechar uma parceria para realizar viagens dos funcionários de uma empresa. Com isso você estabelece um dia do mês para receber o pagamento de todas as corridas realizadas.

Baixe grátis este ebook

FOQUE NO SEU DIFERENCIAL

Procure encontrar qual a característica única do seu serviço e tente focar a sua divulgação neste diferencial. Não há como negar que existe muitas opções de aplicativos para utilizar. É por isso que você precisa encontrar o diferencial do seu. Pode ser o preço, o atendimento, alguma função do app, forma de pagamento ou até a especialização do trabalho para um público determinado. Encontre e foque sua divulgação nisso.

SEU PUBLICO ALVO

Encontre seu público alvo e faça ações de marketing nos locais onde eles estão presentes. Qual publico seu aplicativo vai atender? Uma região ou cidade específica? Pessoas específicas? Então foque sua divulgação nelas. Converse diretamente com elas e mostre que o seu app trabalha especialmente para elas.

Ao desenvolver uma campanha de divulgação você precisa conhecer seu público, onde ele se encontra e qual seu tamanho. Após isso defina:

O OBJETIVO DA CAMPANHA

Qual o alvo da campanha? Novos motoristas? Novos passageiros? Quer captar mais motoristas ou mais passageiros. Defina isso e, dessa forma, você conseguirá fazer uma campanha mais eficiente e ao final entender se foi um sucesso ou não.

O CANAL

Há muitos canais que você pode utilizar para fazer sua mensagem chegar até o seu público. Pode ser rede social, comercial em mídias ou até panfletagem. Ou simplesmente um cartão visita de mão em mão pode fazer grande diferença.

CUIDADO COM SEU MATERIAL

Apresente um bom material promocional. Nada de publicidade feita de qualquer jeito por qualquer pessoa que entende de alguma coisa de design. Procure um profissional da área. Invista em materiais bem feitos para atrair a todos da maneira correta.

Que tal começar pelo QR Code? Veja algumas ideias criativas no artigo Como tornar seus QR Codes mais interessantes. Coloque seu QR Code em panfletos, compartilhe nas redes, coloque eles onde seu publico está. E se não souber criar boas imagens peça ajuda a um amigo ou contrate um designer! Afinal, quanto vale um app que não é usado por ninguém? Pense nisso

Leia maisLeia mais

Quanto devo cobrar dos motoristas no meu próprio aplicativo?Quanto devo cobrar dos motoristas no meu próprio aplicativo?

Essa é uma das duvidas mais pertinentes para quem vai criar ou lançar seu próprio aplicativo de mobilidade urbana, “quanto devo cobrar dos motoristas no meu aplicativo?” e neste artigo pretendo dar uma luz para quem esta nesta duvida.

Você não encontrará uma boa resposta sem antes olhar para aqueles com os quais você vai concorrer.

Costumo orientar aos empreendedores que criam seu próprio app de transporte, que a melhor referencia são os seus concorrentes, tem que saber quanto seus concorrentes estão cobrando e cobrar menos do que eles.

Há alguns meses era bem fácil responder quanto os grandes aplicativos cobravam dos motoristas. No entanto, com as mudanças realizadas por Uber e 99, essa conta começou a gerar muita confusão.

Uber, 99 e Cabify, isso sem contar os outros aplicativos regionais espalhados pelo país. Se você quer ganhar dinheiro como dono de aplicativo, você deve fazer duas coisas: Instalar estes apps do seus concorrentes para simular corridas e fazer prints das taxas e valores, e perguntar aos motoristas quanto eles estão pagando e se estão satisfeitos com o app.

Falar com os motoristas dos atuais aplicativos, lhe dará novas ideias do que você pode fazer para inovar e superar os atuais apps do mercado, não somente no que se diz respeito a valores, mas todos os outros fatores como recursos e funções dos apps.

Somente assim você poderá perceber a temperatura do ambiente na qual você irá trabalhar, pode parecer óbvio não é mesmo? Mais muitas vezes nos esquecemos de fazer o óbvio.

Há alguns meses, a resposta para essa pergunta era bem simples. Afinal, tanto a Uber quanto a 99 taxavam os motoristas a cada viagem realizada.

A taxa da Uber eram os famosos 25% na categoria X e 20% na categoria Black.

Já a 99 buscava ser competitiva com uma taxa bem menor. O app brasileiro já chegou a cobrar 12,99% em cada corrida.

No entanto, como você já deve saber, isso mudou.

Quanto a Uber e a 99 cobram dos motoristas?

A Uber e a 99 não cobram mais taxas fixas por viagem. Há alguns meses, os aplicativos começaram a cobrar preços diferentes para passageiros e motoristas.

Dessa forma, por exemplo, aqui no Rio de Janeiro, a 99 cobra R$2,26 por Km rodado para o passageiro e repassa, para o motorista, R$1,22 a cada quilômetro dirigido. Os valores base e do tempo de corrida também são diferentes.

Assim, a “taxa do aplicativo” virou a diferença do que o passageiro paga e o que o motoristas recebe. Então, por exemplo, se um passageiro pagou R$40 reais em uma corrida e o motorista ganhou R$35, a Uber ou 99 fica com R$5,00.

Essa é uma forma que os apps encontram para dar ao passageiro um preço previsível antes de entrar no veículo e para o motorista um ganho maior caso ocorra um imprevisto.

Simulação de quanto os aplicativos cobram

Vamos então a uma simulação. Imagine uma corrida feita na Uber de 31 minutos e 13 Km no Rio de Janeiro.

O preços cobrados pela Uber no Rio de Janeiro são:

  • Preço base: R$2
  • Custo fixo: R$0,75
  • Preço por Km: R$1,60
  • Preço por minuto: R$0,15

Dessa forma, o preço pago pelo passageiro nessa corrida será de R$28,35.

Já o motorista, na mesma cidade, receberá:

  • Preço base: R$1,50
  • Preço por Km: R$1,05
  • Preço por minuto: R$0,1125

Assim, o ganho do motorista nessa viagem será de R$18,75. Note que a “taxa do aplicativo” nessa corrida é de impressionantes 33,86%.

Os valores cobrados para passageiros e os ganhos dos motoristas estão disponíveis no seguintes links:

Ganhos do motorista Uber

Tarifas da Uber

Ganhos do motorista 99

BAIXE GRÁTIS

Afinal quanto devo cobrar dos motoristas em meu app de transporte?

Não há como te dizer os valores exatos de quanto você deve cobrar ou não, porque cada região tem uma realidade diferente. Quando você pesquisar outros apps, você já terá uma ideia do máximo de que deve cobrar, por tanto, é aconselhável que você cobre um valor bem abaixo da média de seus concorrentes, ainda que lhe renda pouco no inicio, mas com o tempo, quando tiver mais motoristas o seu ganho será muito maior, pense em ganhar na quantidade e não muito em cada corrida.

No Mestre dos Apps você não paga para adicionar mais motoristas, o cadastro de motoristas é ilimitado.

No app de mobilidade urbana, desenvolvido pelo Mestre dos Apps, você pode configurar 3 taxas no painel administrativo:

  • Tarifa Base : é a tarifa com o qual o app começa
  • Tarifa de distância : é a tarifa que se multiplica pela quilometragem
  • Tarifa de tempo : é a tarifa que se multiplica pelos minutos

Você é livre para configurar para cobrar quanto quiser de acordo com a categoria de veículos, que podem ser automóveis, motos ou qualquer outro veículo que desejar.

No App de transporte do Mestre dos Apps você pode ter vários tipos de veículos como automóveis, motos, Vespas, pickup etc, nós criamos o único app que possui multi categorias de veículos tudo num só app e você não paga nada a mais por isso!

Em outras empresas você terá que ter um app para cada categoria de veículo.

Não adianta ter um app super bonito e legal cheio de funções extraordinárias se você não tiver motoristas trabalhando nele, não é verdade? Então o segredo é cobrar menos dos motoristas, ter mais motoristas e diversificar os veículos. Quando os motoristas verem que é mais vantajoso dirigir pelo seu app eles se cadastraram no seu, e até os de outros apps migrarão para o seu.

Assim aconteceu com o 99, vários motoristas do Uber migraram para o 99 quando descobriram que pelo 99 eles ganhariam mais. E o segredo de se ganhar destes apps, não é apenas cobrar menos mas sim atender aos públicos e regiões que eles não estão atendendo, pense nisso!


FUNÇÕES E BENEFÍCIOS QUE O APP DE TRANSPORTE DO MESTRE DOS APPS PODE OFERECER:

  • Motoristas Ilimitados
  • Multicategorias (vários Veículos)
  • Mural
  • Suporte Ticket, E-mail
  • Notificação Push
  • Cartão Fidelidade
  • Login Social
  • Captação Automática de Motoristas no App
  • Avaliações
  • Histórico de Viagens
  • Painel Admin Web
  • Publicação Na Google Play
  • Vídeo Promocional Personalizado
  • Artes/banner para Google Play e Redes Sociais
  • Cartão Digital
  • Agenda de Eventos
  • Dicas em Videos
  • Mensagens no app
  • Noticias de Transito
  • Rádio
  • Guia Comercial/classificados
  • Agendamento de Viagens
  • Rede Social Própria do App
  • Website Personalizado com seu Dominio
  • Contas de Emails Personalizadas

Veja os planos que temos de apps de mobilidade urbana pra você clique aqui

Veja idéias de app de transporte clique aqui

Leia maisLeia mais

Idéias de como ter seu próprio negócio criando seu App de transporteIdéias de como ter seu próprio negócio criando seu App de transporte

Gostaria de ter seu próprio negocio e não tem muito dinheiro pra investir? Que tal montar seu próprio negocio com um aplicativo de transporte gastando bem pouco? Se esta ideia te interessa continue lendo este artigo.

Muitas empresas são criadas no Brasil todos os anos, e os pequenos empreendedores são um papel importante na economia do país.

empreendedorismo destaca-se por seu papel na sociedade para os ganhos individuais, gerados por oportunidades que contribuem para facilitar a expansão econômica. E esta pode ser a sua oportunidade.

Brasil criou 2,5 milhões de empresas em 2018, mais de 80% eram MEIs

Os novos negócios em 2018 cresceram 15,1% na comparação com 2017 (quando surgiram 2,2 milhões de empreendimentos). Do total, os MEIs (microempreendedores individuais) foram a maioria em 2018, chegando a 81,4%. 

Os dados são do Indicador Serasa Experian de Nascimento de Empresas.

Os aplicativos de transporte de passageiros e objetos chegaram e estão dominando o mercado. Motoristas estão se tornando trabalhadores independentes e ganhando dinheiro trabalhando por conta própria. Que tal aproveitar esta oportunidade do mercado e ter seu próprio negócio no ramo de mobilidade urbana mas como PATRÃO?

O que não falta são pessoas que tem carteira de habilitação, possui um veículo e está disposto a se tornar um motorista autônomo. E você pode ser o empreendedor que esta faltando para criar um app de mobilidade urbana que faça a diferença na sua região ou em algum segmento especifico. 

E talvez você pense: “Mas já existe o Uber e o 99, como vou competir com estes gigantes?”

E quem disse que você precisa competir com os famosos app de transporte?

Não é preciso, você já observou que estes famosos apps não conseguem atingir todos os públicos? Por exemplo, existem diversas cidades que não são bem atendidas por estes apps, existem diversos públicos que também não são cobertos por eles. 

Existem diversas reclamações, diversos públicos que estão insatisfeitos com os atuais apps, porque os mesmos não conseguem atender a diversas demandas especificas, sem falar dos valores que muitas vezes são altos para os passageiros ou as taxas são pesadas para os motoristas.

IDEIAS DE APPS DE TRANSPORTE AINDA NÃO EXPLORADAS

Te faltam ideias? Então vou te dar algumas ideias de aplicativos do tipo Uber, que você pode criar e fazer a diferença na vida de diversas pessoas, principalmente na sua, mas este campo ainda é pouco explorado, varias outras ideias podem surgir, quem sabe a sua possa ser um novo boom no mercado de apps?

TRANSPORTE PARA PETS

Existem muitas pessoas que gostariam de transportar seus animais domésticos consigo, para uma consulta no veterinário, ou até mesmo para um passeio, mas nem todos os motoristas de apps atuais permitem levar pets no seu veiculo.

Então ter um app de mobilidade que seja exclusivo para  transportar os passageiros com seu pet seria um grande diferencial, que com certeza já tem um publico interessado. Nem todos os donos de pets tem automóveis para sair com eles, nem todas clinicas veterinárias dispõem de um serviço de transporte de animais, pense nisso!

TRANSPORTE ESPECIAL PARA PESSOAS COM DEFICIÊNCIA

Existem apps que já dispõe de carros especiais para transportar pessoas com dificuldades motoras, mas são pouquíssimos apenas em uma ou duas cidades, fazendo com que os passageiros passem por uma longa espera de um motorista, isto quando ele chega. Então quem se dedicar a a atender a este publico com certeza terá muitas corridas.

TRANSPORTE SOMENTE PARA MULHERES

Já existem em algumas cidades apps que são para transportar somente mulheres com motoristas apenas femininos, no entanto, não atendem muitas cidades, existe somente em São Paulo, então quem resolver atender a este publico feminino em outras cidades com certeza terá um publico super animado em usar este app. Mais segurança para as mulheres, haja vista que existem muitas reclamações de passageiras que denunciam motoristas por assédios.

TRANSPORTE COM PICKUPS

Outro segmento que deu certo, foi o de usar motoristas com veículos do tipo pickup, usado para fazer pequenos fretes, carregar algumas malas, caixas ou compras. Somente uma cidade no Brasil é atendido por um app deste tipo. Você pode lançar um app de pickup, furgão, ou utilitário na sua cidade para atender esta demanda, pense nisso.

TRANSPORTE DE ENCOMENDAS

Um app de transporte de encomendas, seja de documentos ou de comida é uma ótima idéia que está dando certo em varias cidades brasileiras. Se você fizer um app desse você terá como publico alvo os donos de restaurantes, lanchonetes e demais estabelecimentos que precisam entregar comida aos seus clientes, terá outros comerciantes de outros segmentos que precisam fazer entregas de seus produtos e também aqueles que necessitam que o motorista ou motociclista busque determinada encomenda para eles. Pode ser usada a mesma tecnologia na criação de app tipo Uber. Muitas cidades brasileiras não tem este serviço, é ou não é uma boa idéia?

TRANSPORTE MISTO

Existem vários apps de transporte, mas em sua maioria eles são cada um para um tipo de veiculo. Um é para carro, outro para moto, outro para pickup etc, poucos são aqueles que tem a disposição dos passageiros vários tipos de veículos. E isso também é uma ideia que você como empreendedor pode aproveitar e fazer a diferença na sua região.

Uma das razões  do porquê não existem apps que agreguem varios tipos de veículos, é que geralmente as empresas que criam este tipo de app apenas o fazem para um tipo de veiculo especifico e quando fazem para vários, cobram o olho da cara e mais algum outro orgão kkkk, brincadeirinha! Mas é sério, quando fazem sai caro, pesquise e confirme.

Mas isso não acontece com a equipe do Mestre dos Apps, continue lendo este artigo e veja no final.

TRANSPORTE COM TAXAS DIFERENCIADAS

Outra questão que faz a diferença é criar um app que cobre menos para os passageiros e menos para os motoristas, pois muitos deles reclamam das altas taxas cobradas pelos conhecidos apps de mobilidade atuais.

Você pode fazer a grande diferença na vida de vários passageiros e motoristas, ao criar um app de mobilidade urbana, pois se você pagar muito menos, poderá cobrar muito menos também, e poderá vencer  disparado qualquer concorrência na sua região, para alegria de qualquer passageiro e motorista.

 

COMO SER DONO DE UM APP DE TRANSPORTE COM POUCO DINHEIRO?

Então chegamos na parte mais importante deste artigo, como um pequeno empreendedor pode criar um app do estilo Uber pagando pouco, se para criar este tipo app se gasta muito?

Sim, é verdade, se você pesquisar por aí vai ver que para criar seu próprio app de transporte, não se cobram menos que 40 mil reais, então somente os grandes empreendedores é que podem de fato se dar a este luxo, certo? Errado. Posso te dizer que este tempo está acabando, pois graças a nova tecnologia e a novos métodos, hoje se pode criar um app de transporte pagando bem menos que isso, mas muito menos mesmo.

É justamente isso que a equipe do Mestre dos Aplicativos está fazendo, você pode criar seu próprio app de mobilidade urbana a partir de R$3.500,00 e parcelado, e com varias funções e recursos agregados ao app que ninguém tem, que pode fazer uma grande diferença e vantagem ao seu negócio. São vários planos que você pode escolher de acordo com sua ideia ou necessidades.

O alvo do Mestre dos Apps são os pequenos empreendedores, então converse com nossa equipe.

Claro que você pode encontrar empresas oferecendo este tipo de app mais barato mas sempre tem uma pegadinha, do tipo: é tanto, mas a cada motorista tem que pagar um valor x, ou quando as corridas alcançarem o numero x se paga uma taxa extra, ou até mesmo quando o app atingir um numero de usuários se cobra uma outra taxa, é preciso ficar atento.

No Mestre dos aplicativos não tem pegadinha, os motoristas são ilimitados, os passeios são ilimitados e usuários também, os valores são fixos, não aumentam, a não ser se você quiser fazer um upgrade no seu app.

Vale a pena conferir, se te interessar CLIQUE AQUI, veja os planos, e qualquer duvida fale com a equipe Mestre dos Apps (clique no botão do Whatsapp).

Ah, já ia esquecendo, se precisar de um plano personalizado feito especialmente para você, o Mestre dos Aplicativos faz também.

 

Leia maisLeia mais

Curso grátis de Marketing Digital completoCurso grátis de Marketing Digital completo

Que tal Aprender Marketing Digital?

Fonte do artigo: http://conquisteagora.com.br/curso-de-marketing-digital-gratis/

Isso mesmo! Que tal aprender Marketing digital através da internet? Se você não pode fazer um curso presencial ou não está em condições financeiras para pagar um curso, o Mestre dos Apps tem uma grande novidade pra você. Veja neste  artigo um excelente curso de marketing digital gratuito, continue lendo…

Este artigo é original do nosso site parceiro Conquiste Agora.

marketing digital surgiu nos últimos anos como uma estratégia dentro do marketing tradicional. Seu principal diferencial é utilizar os meios digitais que estão presentes no cotidiano da população mundial, para obter resultados mais significativos e aumentar o relacionamento e a comunicação com clientes e consumidores. Mídias sociais, blogs, websites, estão entre as principais plataformas utilizadas por este novo tipo de marketing.

Com o advento da internet surgiram vários cursos online de qualidade que você pode aprender muito e se profissionalizar no conforto do seu lar. Esta é razão deste artigo, vou te indicar aqui um curso grátis de ótima qualidade de Marketing Digital para quem é iniciante e também para aqueles que desejam aprender um pouco mais. E tem certificado de conclusão no final.

 

Você conhece as diferenças entre Marketing On e Off? ou conhece termos e ferramentas como: Redes e Mídias Sociais (Facebook, Twitter, Instagram, Whatsapp, Twitter, Youtube e Linkedin), Mecanismos de Busca (SEM e SEO), Rede de Display, Adsense, Programática, e-mail marketing, Remarketing, Tipos de Sites, UX e Analytics? Conheça tudo no Curso de Marketing Digital para Iniciantes da Rocket university.

Este é um curso gratuito dos nossos parceiros da Rocket University, não poderia deixar de recomendar este curso só porque é grátis, pelo contrário, é um prazer compartilhar com nossos leitores, clientes e parceiros, conteúdos ou cursos que ajudam e promovem o crescimento profissional. Veja mais abaixo o link para entrar e as instruções.

 

Aqueles que pensam que os cursos pela internet não são bons, ou que não te ensinam de verdade, por experiencia digo que estão profundamente errados. O fundador do Mestre dos Aplicativos e criador deste site começou no empreendedorismo digital aprendendo pela internet, veja o que ele aprendeu em casa através da internet:

Aplicativos, Photoshop, CorelDraw, pacote Office, edição de audio e videos, e-mail marketing, marketing de redes sociais, administração de domínio e hospedagem, revenda de sites, servidores linux,  plataforma WordPress, SEO e muito mais.

Mas vamos ao que interessa, o curso de marketing digital abaixo é indicado para estudantes e profissionais de comunicação e vendas, webdesign, comerciantes, empreendedores, e etc, e pra você que talvez não sabe de nada mas tem disposição para  aprender!

CONTEÚDO DO CURSO DE MARKETING DE CONTEÚDO

O que você aprenderá nessa certificação?

1.1 – Apresentação do curso – 03:07

Introdução

2.1 – Introdução ao Marketing de Conteúdo – 06:27
Planejamento

3.1 – Objetivos e KPIs – 06:58

3.2 – Personas – 06:09

3.3 – Canais e Formatos – 09:21

4.1 – Introdução – 03:24

4.2 – Criando um Blog – 08:47

4.3 – Criando Conteúdo – 16:34

Redes Sociais

5.1 – Introdução – 06:16

5.2 – Facebook – 11:26

5.3 – Instagram – 06:56

5.4 – LinkedIn – 05:37

5.5 – Youtube – 12:16

Email

6.1 – Introdução – 04:38

6.2 – Coleta de Emails – 05:32

6.3 – Envio de Emails – 07:19

6.4 – Métricas – 09:00

Funil de Vendas

7.1 – Introdução – 03:41

7.2 – Topo de Funil – 06:35

7.3 – Meio de Funil – 04:26

7.4 – Fundo de Funil – 09:58

Leads e Automação

8.1 – Introdução – 02:47

8.2 – Qualificação de Leads – 13:10

8.3 – Automação de Marketing – 10:43

8.4 – Vendarketing – 05:41

Métricas

9.1 – Introdução – 06:13

9.2 – Métricas Operacionais – 06:18

9.3 – Métricas de Negócio – 07:34

Conclusão

 

 

Como acessar o curso de marketing grátis

 

Como acessar? Siga as instruções abaixo, leia tudo antes de clicar.

1- CLIQUE AQUI e veja o conteúdo do curso.

2- Na pagina que abrir Clique em Começar Gratuitamente

2-Digite seu nome, e-mail válido, nome da empresa (se não tiver escreva nenhuma), cargo se não tiver escreva nenhum, (te enviarão um e-mail pra você confirmar).

3-Irão te enviar um e-mail. Procure um e-mail da ROCKET na sua caixa de entrada ou na sua caixa de spam e clique no link enviado para confirmar.

4-No link que abrir faça seu cadastro seguindo as instruções da tela.

5-Pronto, agora é só entrar na sala virtual e estudar.

Te sugiro separar um caderno e fazer suas anotações dos videos e boas aulas.

Boas aulas!

Gostou deste artigo? Deixe seu comentário!

OBS: Este curso não é do Mestre dos Apps, apenas estamos recomendando, ele é da Rocket University.

Leia maisLeia mais

Como Gerar API Google Maps – NovoComo Gerar API Google Maps – Novo

Se você precisa utilizar um mapa gps num aplicativo ou website, pra que ele seja exibido no modo normal de visualização, será necessário ativar as apis do mapa. Neste artigo você aprenderá em poucos minutos, como gerar a chave API do Google maps para inserir no seu aplicativo ou website. É sugerido que esta ação seja realizada pelo proprietário do app ou website, uma vez que os dados requeridos para estes serviços sejam verdadeiros e exatamente do proprietário da aplicação e não do desenvolvedor.

Isso passou a ser obrigatório, depois que a Google alterou a política de visualização dos mapas que oferece, passando a cobrar um valor calculado conforme o número de visualizações do mapa.

De acordo com o site BBC News, a partir do dia 1º de janeiro de 2012, a Gigante de Mountain View começará a cobrar os acessos à API do Google Maps por sites com fins lucrativos. Segundo a publicação, caso excedam 25 mil utilizações, os serviços terão que pagar US$ 4 a cada mil acessos.

A restrição foi estipulada devido à alta demanda de alguns serviços, como sites de viagens, serviços que calculam tarifas de táxi e qualquer empresa que oferece a visualização da sua localização pelo Google Maps diretamente na sua página. Com o fluxo demasiado da API, o desempenho da ferramenta de localização para usuários convencionais começou a ser afetada.

Note que o número de visualizações é computado segundo cada carregamento do mapa. Ou seja, se o usuário abrir o mapa 10 vezes durante uma mesma sessão de navegação no app, serão computadas 10 visualizações do mapa para o cálculo em questão.

Por isso que é sugerido que o proprietário do app ou website gere esta chave com os seus próprios dados, pois se o desenvolvedor do app ou website utiliza a sua própria chave em todos os aplicativos ou websites que desenvolve, todas as visualizações de cada app ou site serão somadas, o que aumentará a chance deste receber uma fatura alta como surpresa no final do mês.

Mas se cada mapa de app ou website forem utilizadas chaves diferentes que são aquelas geradas pelos próprios clientes (os donos do app) as visualizações dificilmente excederão a margem das 25 mil visualizações gratuitas, e mesmo se passarem custará bem pouco.

Acesse:  https://developers.google.com/maps/documentation/javascript

 e Clique no botão 

Selecione a opção Maps e clique em continuar

Crie um novo projeto.

Nomeie seu projeto e clique em next.

Crie uma conta de faturamento se você não tiver uma (isso é obrigatório):

A conta é automaticamente restrita ao limite de 300 $ de teste gratuito:

Depois de preencher o formulário de faturamento, clique no botão “iniciar meu teste gratuito”, ative sua chave de API:

Copie sua chave de API e acesse o console da API para definir as restrições:

Vá para a guia Restrições da API:

Selecione as seguintes APIs:

Salve e está tudo pronto!

Agora você só precisa copiar e colar sua chave de API em seu editor em Configurações> APIs: 

(este é usado pelo aplicativo):

Leia maisLeia mais